Páginas

sábado, 16 de março de 2013

PÓLEN DE ABELHAS - VOCÊ SABE PRA QUE SERVE? Eu estou usando

PÓLEN DE ABELHA

O pólen é o pó fino recolhido pelas abelhas quando estas pousam nas pétalas das flores para 
colher o néctar e é levado de volta para a colmeia em minúsculas bolsas na parte posterior das patas das abelhas. Os grânulos ficam presos quando as abelhas entram na colmeia

O pólen de abelha contém mais de 5000 enzimas e coenzimas, muitas mais do que qualquer outro alimento. É tão poderoso que consegue proteger contra radiações, raios-X, radioterapia e poluentes ambientais. Também consegue produzir um melhoramento visível no aspecto da pele que está a envelhecer. Segundo estudos europeus o pólen é a fonte mais rica de proteínas da natureza, contendo cinco a sete vezes mais proteínas que o queijo, a carne ou os ovos além de ser uma fonte valiosa de vitamina B12 e outras vitaminas B essenciais para a fase mais avançada da vida, incluindo a colina e o ácido fólico. O pólen é o único alimento conhecido que possui todos os nutrientes essenciais necessários para uma boa saúde do organismo, sendo muitas vezes referido como o alimento mais completo da natureza. Contém todos os vinte e oito minerais que se encontram no organismo e lecitina, que protege o sistema nervoso do envelhecimento e elimina a gordura. De Hipócrates a Pitágoras, os pais da medicina ocidental exaltaram as suas virtudes pelas suas propriedades curativas e como arma secreta contra o envelhecimento.
O pólen de abelha é reconhecido pelas suas propriedades antienvelhecimento. É uma fonte de vitaminas E e P, que mantêm a pele jovem. Previne o envelhecimento prematuro das células e estimula o crescimento de novos tecidos. Contém ácidos nucleicos que suavizam as rugas e estimulam a irrigação sanguínea a todas as células da pele
Dado o seu teor elevado de vitaminas e proteínas, o colágeno e a elastina da pele irão fortalecer e esta parecerá mais jovem.
Além de todos os benefícios para a pele que o pólen de abelha pode trazer, existem diversos problemas do envelhecimento em que este também poderá ajudar: perda da libido, tensão alta, depressão, baixa imunidade, stress, fadiga, colesterol elevado. Também favorece a saúde do cérebro, do fígado, do pâncreas, da tireóide e do coração.
E mais boas notícias para quem sofre de sintomas da menopausa: o pólen de abelha pode ajudar a aliviar a fadiga as dores de cabeça causadas por flutuações hormonais, os “calores” e a incontinência urinária.
Ele é "colhido" da seguinte forma.... o apicultor coloca na entrada da colméia uma tela fininha que faz com que a abelha entre mas as bolotinhas de pólen não passem e acabam caindo num recipiente mas nem todas as bolotinhas caem porque  pólen é o pão das abelhas.
Veja a lista abaixo de como o pólen pode ajudar na sua saúde e prevenção de doenças melhorando seu corpo como um todo.

O PÓLEN COMO ALIMENTO FUNCIONAL
Fruto do processo da lactofermentação, o pólen das abelhas sempre foi utilizado como
alimento funcional e agente biofitoterápico desde os primórdios da humanidade. Após a
Segunda Guerra, porém, começa a chamar a atenção da comunidade científica da Europa,
pois se verificou que com ele é possível:
Acelerar
- a queima das gorduras;
- a recuperação da saúde, não importa em que estágio de deterioração se encontre;
- a regeneração do DNA, do RNA e do colágeno da pele, unhas, ossos, cabelo, cartilagens, tendões e ligamentos,
- a reposição tissular e celular;
- as conexões neurais;
- o processo da cicatrização e de regeneração do epitélio;
- o processo de desintoxicação do organismo;
- os processos metabólicos,
Aumentar
- a flexibilidade e resistência dos dutos linfáticos e sangüíneos;
- a sensação de bem-estar e o bom humor.;
- as atividades enzimáticas;
- as secreções biliares;
- o estado de alerta;
- o metabolismo do sistema endócrino, com destaque para a glândulas supra-renais;
- o número de espermatozóides;
- o tônus e a massa muscular;
- o vigor, a força e a potência física e mental;
- os níveis de energia, resistência e vitalidade;
- os níveis de hemoglobinas em até 15%;
- os níveis de resistência dos atletas, dançarinos etc.
Auxiliar
- o controle de peso;
- o processo de digestão, assimilação e eliminação;
- os maus efeitos do alcoolismo, dos agrotóxicos, dos medicamentos etc.
Combater
- a arteriosclerose e a hipertensão;
- a artrite, artrose, reumatismo eyc.;
- a exaustão física e mental;
- a perda da memória;
- a queda de cabelo;
- as alergias crônicas;
- as disfunções e doenças;
- as inflamações;
- o cansaço e a fadiga crônica;
- o envelhecimento precoce;
- o estresse e o nervosismo;
- os maus efeitos da poluição e das drogas recreativas ou medicamentosas;
- os microrganismos disbióticos e patogênicos;
- os processos degenerativos;
- os tumores.
Controlar
- a diarréia e aliviar a prisão de ventre, pois tem ação bacteriostática, notadamente sobre os colibacilos;
Elevar
- o status nutricional do organismo.
Estimular
- o metabolismo dos glicídios, lipídios, protídeos e das células em geral.
Fortalecer
- a flora intestinal simbiótica;
- a memória e os processos cognitivos;
- a musculatura;
- a visão e a saúde dos olhos;
- as paredes das artérias, das veias, dos vasos sangüíneos e linfáticos;
- os sistemas digestivo, endócrino, imunológico, reprodutivo, respiratório etc.
- os tecidos conjuntivos.
Manter
- a saúde física, emocional e mental dos idosos.
Melhorar
- a coordenação motora e reflexos precisos;
- o desenvolvimento estrutural das crianças;
- o permanente processo de regeneração do organismo até os últimos dias de vida.
Normalizar
- a pressão sangüínea, isto é, reduzindo-a nos hipertensos e elevando-a nos hipotensos;
- os níveis de colesterol e triglicerídeos;
- as funções cardiovasculares, digestivas, endócrinas e hepáticas;
- os níveis do colesterol LDL, dos triglicerídeos e de açúcar do sangue.
- os processos vitais - do estado de alerta mental ao mecanismo da fome.
Nutrir
- as células do sistema imunológico para que elas garantam a eliminação:
- das células cancerosas (que todos temos), impedindo-as de se acumularem como tumores;
- das células lipídicas oxidadas, impedindo-as de se aglomerem nas artérias, vasos etc. e obstruí-los.
Otimizar
- o desenvolvimento estrutural, emocional e intelectual das crianças;
- o status nutricional do organismo infantil, assim como dos adolescente, idosos, gestantes, lactantes, atletas,intelectuais e fisicamente ativos, emocionalmente abalados etc.
Potencializar
- o sistema endócrino, imunológico, nervoso e digestivo.
Preservar
- o equilíbrio e a resistência física, emocional e mental, da infância às idades avançadas.
Prevenir
- a prisão de ventre, a putrefação das fezes e suas conseqüências: fadiga crônica, colite, síndrome do intestino irritado etc.
- as oscilações do humor;
- os desequilíbrios hormonais, a impotência, a infertilidade, os problemas da menopausa, da próstata e dos ovários etc.;
- os quadros de prostatite (inflamação da próstata).
Promover
- a desobstrução/limpeza da pele, dos intestinos, do fígado, das vias respiratórias etc.;
- o desenvolvimento da massa muscular e a multiplicação celular;
- o equilíbrio homeostásico do organismo.
Proteger
e fortalecer o sistema cardiovascular, epitelial, digestivo, hepático, imunológico, reprodutor, respiratório, nervoso e urinário.
Recuperar
- a força muscular dos convalescentes;
- a motricidade dos enfartados;
- a consciência dos que se encontram em coma.
Reduzir
- as rugas;
- os níveis de estresse;
- a vulnerabilidade do organismo à ação dos radicais livres e à ação dos microrganismos disbióticos.
Remodelar e delinear a silhueta do corpo.
Regular
- as funções intestinais (prisão de ventre ou diarréia), cujo reflexo se evidencia na revitalização, suavidade e coloração da pele e cabelos;
- o dinamismo da reprodução celular responsável tanto pela procriação como pela constante multiplicação das células e regeneração dos tecidos.
- os desequilíbrios hormonais e metabólicos.
Retardar
- os processos degenerativos do envelhecimento.
Reverter
- a falta de consciência do estado de coma, dificuldade da motricidade;
- os danos causados às funções mentais e motoras;
- os quadros de anemia, aumentando a taxa de hemácias no sangue.
Sanear
a flora simbiótica da pele e das mucosas - nossa mais importante linha de defesa contra a invasão dos microrganismos disbióticos.
Satisfaz
o apetite dos que comem exageradamente.
Tonificar
o organismo, inclusive revitalizando as funções sexuais e reprodutoras.
Essa lista é a prova de que o pólen é um adaptógeno, isto é, agente de regulação do
organismo, sem ação específica sobre uma determinada área. Por isso, o Dr. Krell, em
artigo publicado pela FAO (1996), lamenta sua ausência dos protocolos terapêuticos.

O que ele poderá fazer pela minha saúde?

Energia do corpo físico
tornando as pessoas mais ativas e tonificadas.
Flora intestinal
nutrindo-a e fortificando-a com seus fermentos lácteos.
Pele e os olhos
restaurando o brilho dos olhos (fígado) e do semblante (intestinos).
Prevenção ao câncer
mantendo o potencial de ação de seus elementos de propriedades anticancerígenas.
Prostatite
normalizando o tamanho da próstata e os níveis do PSA (Remy Chauvin, 1950).
Sistema cardiovascular
regulando os níveis do colesterol LDL, combatendo a agregação das plaquetas, fortificando as paredes dos dutos sangüíneos e linfáticos.
Sistema imunológico
nutrindo suas células, aumentando os níveis de antioxidantes disponíveis ao organismo e colaborando com o processo de manutenção da flora simbiótica e da integridade da mucosa gastrintestinal.



Em outro site encontrei essa listagem falando dele, vejam só:

Como suplemento multivitamínico e multimineral, o pólen tem:
  • Alto valor nutritivo.
  • Nutraceuticos em altíssimo grau de biodisponibilidade.
  • Coloração escura.
  • Reflexo da sua grande concentração de antioxidantes.
  • Doçura extremamente suave.
  • Não causa choque no maxilar e não enjoa.
  • Estrutura molecular inalterada.
  • Não foi submetido a temperaturas elevadas ou processos químicos.
  • Textura aveludada.
  • O prazer em saboreá-lo induz a uma salivação prolongada - factor indispensável ao seu maior usufruto.
  • É um potente energético natural, usado por atletas do mundo inteiro.
  • Ajuda a melhorar os estado de fadiga, cansaço e enfraquecimento muscular.
  • Age no equilíbrio do metabolismo, falta ou excesso de energia e ânimo.
  • Mantém a parte emocional e o humor estáveis no seu organismo.
  • Previne o câncer da próstata e é um excelente estimulante sexual.
  • Melhora o stress, faltas de ânimo, apatia sexual e fadiga.
  • Reduz significativamente os efeitos das alergias em geral.
  • Aumenta a resistência e a energia aliviando os sintomas nas alergias respiratórias e protegendo os pulmões.
  • Atua como repositor hormonal vegetal melhorando os sintomas da menopausa, sem efeitos colaterais.
  • Melhora situações de ansiedade, neuroses, depressão bipolar, insónias, hiperactividade.
  • Excelente para distúrbios digestivos.
  • Combate e melhora a asma, rinite e sinusite, dores de garganta e gripes.
  • Ajuda a retardar o envelhecimento.
  • Regula o metabolismo.
  • Actua na anemia e anorexia.
  • Deficiências coronárias e desequilíbrio cardiovascular.
  • Não contém estabilizantes, sabores artificiais ou corantes.
  • Doença de Alzheimer e falta de memória.
  • Devolve o brilho, cor e saúde à pele, cabelos e unhas.
  • Acne.
  • É antidepressivo.
  • Alcoolismo.
  • Níveis elevados de colesterol.
  • Ateromatose.
  • Cardioneurose.
  • Desordens no sangue.
  • Desordens no cólon.
  • Esclerose.
  • Esgotamentos nervosos, físicos e intelectuais.
  • Esterilidade masculina.
  • Falta de ar.
  • Hipertensão. Hipotensão.
  • Histeria.
  • Neurastenia.
  • Obesidade.
  • Patologias da gravidez.
  • Problemas no estômago, gastrite.
  • Problemas hepáticos.
  • Uremia.
  • Vícios em drogas.
  • Regular as funções intestinais (prisão de ventre ou diarreia), e promover a proliferação da flora simbiótica. O Pólen tem acção bacteriostática, notadamente sobre o colibacilo, prevenindo a putrefação das fezes, combatendo a fadiga crónica, a colite, a síndrome dos intestinos irritados. O pólen é muito consumido por atletas que querem obter maior resistência e energia.


O pólen me foi indicado por uma pessoa pra aumentar a imunidade do organismo e diminuir o cansaço físico e mental. 
Eu tenho tomado o pólen no meu dia a dia, misturado ao leite, misturado com suco de laranja ou iogurte natural e tenho sentido mais disposição e mais energia.
Ele custa cerca de 100,00 o kilo, compro sempre frações de 200 gramas que dá pra uma semana e meia tranquilamente pois tomo 2 colheres ao dia. 
Fica a dica, espero que tenham gostado.
todo o post foi colhido de sites da internet e pesquisado antes de ser elaborado.
Simone Gambôa 

2 comentários:

  1. Oi, Si!
    Amiga, eu trabalhei vendendo alimentos funcionais, FLP (depois ter mando o nome por completo) experimentei tudo, menos o pólem, no treinamento eles explicavam tudinho...como na época meu foco era a endometriose, não me liguei... Dar uma turbinada por aqui ,estou trabalhando muito e muito estressada, o primeiro a ficar bombardeado é meu sistema imunológico.
    Mas vou aproveitar que você me lembrou deste 'ouro' e comprar, ótima dica!
    Bjinhooo
    Alê

    ResponderExcluir
  2. Eu faço o uso do pólem, mas não todos os dias e ralmente não conhecia sua funcionabilidade por completo. Agora sim vou fazer uso diário.
    Obrigado por compartilhar isso foi muito útil. Parabéns pelo post.
    Bjãooo
    Lina

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar, sua opinião é importante pra gente! Volte mais vezes por favor... Bjus